São Paulo - Brasil

  • Ato Ecumenico
  • Cartaz Policia
  • PAINEL-C
  • metronews---sos

Diretoria Sindpesp

Conheça um pouco da atual diretoria do SINDPESP

Melão

melao

Natural de Teresina, Piauí, George Melão chegou ao Estado de São Paulo em 1.970, (Melão contava com 8 anos de idade). Fixou residência no município de São Caetano do Sul. Lei mais

 

.

.
 

 

Imprimir

Audiência Pública

 

Adepol do Brasil, Sindpesp e demais entidades de classe dos Delegados de Polícia Civil dos estados participam da audiência pública sobre o Delegado Conciliador na Câmara dos Deputados, realizada no dia 15 de julho de 2014.

       mesacloves

Dr. Fernando Beato (2º da direita para a esquerda) Diretor do Sindpesp     Dr. Clóves Rodrigues da Costa

No dia 15 de julho, aconteceu na Câmara dos Deputados, uma audiência pública da Comissão de Cidadania e Justiça para debater o Projeto de Lei 1.028/2011, que autoriza o Delegado de Polícia a realizar conciliações nos casos de delitos de menor potencial ofensivo, de autoria do Deputado João Campos (PSDB-GO), e que já foi aprovado na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

No transcorrer da audiência pública, o destaque ficou para o palestrante Clóves Rodrigues da Costa, Delegado de Polícia Assistente da Secretaria de Cursos Complementares da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, que é o criador do Núcleo Especial  Criminal - NECRIM, órgão da Polícia Judiciária paulista que trata da mediação de conflitos em crimes de menor potencial ofensivo. Clóves da Costa falou, de forma brilhante e irretocável, sobre a importância da conciliação, tanto para a Polícia quanto para o Judiciário, mas especialmente para o cidadão brasileiro.  Trouxe ainda um histórico da conciliação na Legislação Brasileira, além de mostrar a experiência do NECRIM, por meio de casos concretos. “Com este projeto, o Delegado de Polícia, com uma prática simples, mas de muita eficácia, deixa de figurar como mero coadjuvante dentro do microssistema da Segurança Pública, para atuar protagonista do processo de pacificação social, cuja demanda cresce a cada dia”, afirmou Clóves da Costa.

Imprimir

País está despreparado para enfrentar terrorismo, atos de extremismos e organizações criminosas infiltradas no Estado brasileiro, diz delegado Rodolfo Laterza

Matéria do Blog http://elimarcortes.blogspot.com.br/2014/07/pais-esta-despreparado-para-enfrentar.html

 

Rodolfo1

Reconhecido nacionalmente por suas lutas em favor da categoria e no combate à corrupção, o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Espírito Santo (Sindelpo), Rodolfo Queiroz Laterza, faz uma análise do sistema de Segurança Pública no Brasil. Profundo conhecedor do direito praticado em todo o mundo, Laterza reconhece a fragilidade do Estado brasileiro em enfrentar crimes mais complexos, como o terrorismo, atos de extremismos e organizações criminosas.

Imprimir

Colégio de Líderes recebe delegados

 

01/07/2014 18:55

Colégio de Líderes recebe delegados que reivindicam aprovação da PEC 1/2014

Proposta prevê tratamento isonômico entre delegados de polícia e defensores públicos

Da redação Fotos: Vera Massaro e assessoria do deputado Campos Machado

mela1
Delegados de polícia reunidos no auditório Teotônio Vilela

Os líderes dos partidos com representação na Assembleia Legislativa receberam nesta terça-feira, 1º/7, uma comissão de delegados de polícia ligados ao Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp). Eles pedem a aprovação daProposta de Emenda Constitucional 1/2014, de iniciativa do deputado Campos Machado, líder do PTB, que trata, entre outras questões, da equiparação da carreira de Delegado de Polícia com a de Defensor Público, por serem carreiras de mesma natureza jurídica. 

Conforme o presidente do Sindpesp, George Melão, o projeto não onera o Estado de imediato e faz justiça com uma categoria que possui grande relevância. Para Campos Machado, "nunca os delegados estiveram tão perto de aprovar a PEC 1/2014 como neste momento. Tudo o que se pretende é a isonomia". 

"Justo reconhecimento" 

Antes da reunião no Colégio de Líderes, a comitiva de delegados se reuniu com o autor da PEC no auditório Teotônio Vilela. Na ocasião, Campos Machado explicou que a proposta defende direitos da categoria estabelecidos pela própria Assembleia Legislativa quando houve o reconhecimento da natureza jurídica da carreira de Delegado de Polícia. "Esta não é uma luta só dos delegados. É uma luta minha e de muitos deputados desta Casa". Já para o presidente do Sindpesp, "a aprovação da PEC 1/2014 vai agregar à carreira jurídica dos delegados um justo reconhecimento". 

Para aprovação da emenda à Constituição do Estado é necessário votação em dois turnos e aprovação de 3/5 dos deputados da Casa, ou seja: 57 deputados votando favoravelmente. 

A categoria promete permanecer acompanhando atentamente o andamento dos trabalhos do Legislativo. 

mela2

George Melão e Campos Machado

 

Diretoria

Dr. George Melão Presidente melao
19 Jul 2014 14:07Audiência Pública

  Adepol do Brasil, Sindpesp e dem [ ... ]

14 Jul 2014 19:43País está despreparado para enfrentar terrorismo, atos de extremismos e organizações criminosas infiltradas no Estado brasileiro, diz delegado Rodolfo Laterza

Matéria do Blog ttp://elimarcorte [ ... ]

03 Jul 2014 17:33Colégio de Líderes recebe delegados

  01/07/2014 18:55 Colégio de L [ ... ]

16 Jun 2014 16:09

Entidades repudiam nota técnica da AN [ ... ]

15 Jun 2014 21:30 PAULO SKAF  visita o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo

  O Delegado de Polícia Dr. Carlo [ ... ]

14 Jun 2014 09:20

  O Sindicato dos Delegados de Pol [ ... ]

13 Jun 2014 15:23Alckmin gasta mais com publicidade do que com segurança e educação juntos.

  Há anos afirmamos que o probl [ ... ]

08 Mai 2014 09:03

Audiência pública na Assembleia Legisl [ ... ]

14 Abr 2014 19:53

PROPOSTAS DO SINDPESP PARA REESTRUTURA [ ... ]

27 Mar 2014 16:54

  No dia 24 de março de 2014, às [ ... ]