PALAVRA DE DELEGADO
Quem foram e quando ingressaram as primeiras escrivãs e investigadoras da Polícia Civil de São Paulo?
//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
12/5/2020 - / Por
 

 

A seção "Palavra de Delegado" do site do SINDPESP traz o artigo " Quem foram e quando ingressaram as primeiras escrivãs e investigadoras da Polícia Civil de São Paulo?", escrito pelo professor e delegado de polícia Marcelo de Lima Lessa.

Desde 1891 a Constituição previa que os cargos públicos eram acessíveis a todos os brasileiros, observadas as condições legais, inexistindo restrições quanto ao sexo. Ainda assim, a primeira nomeação de uma mulher para ocupar um cargo público ocorreu apenas em 1922, junto ao Almoxarifado da Secretaria da Segurança Pública paulista. 

Vinte e sete anos depois, a Lei Estadual n° 199, de 1° de dezembro de 1948, vedava a ascensão da mulher à função de Delegado de Polícia, haja vista a necessidade do aspirante ser do sexo masculino. Similar dispositivo, na Lei Estadual n° 262, de 12 de março de 1949, passou a obstar o ingresso feminino às carreiras de Escrivão, Investigador, Radiotelegrafista e Carcereiro, sendo que, em alterações posteriores (inicio dos anos 1950), o acesso passou a ser vez mais autorizado para os cargos de Investigador (1951) e Radiotelegrafista (1954). 

A primeira escrevente da Polícia Civil paulista foi Maria de Lourdes Ayres Furquim (em 1938), ex-professora primária e comissionada da Secretaria da Segurança Pública desde 1937. 

Em 1945 a Sra. Maria de Lourdes já atuava da Delegacia Auxiliar da 3ª Divisão, quando passou a servir na Delegacia de Ordem Política e Social, onde, já como Escrivã de Polícia, permaneceu até 1959, indo para a 1ª Divisão (hoje Decap/Demacro). 
As duas primeiras Investigadoras da Polícia de São Paulo foram Floriza Velloso Romagnolli (que em 1950 já era Investigadora classe “E”) e Elsa Van Kamp (promovida por merecimento em 1951), alistadas na Polícia Civil paulista desde 1947. 

Em 1954, no exame psicotécnico para o curso de detetives da antiga Escola de Polícia (hoje Acadepol), entre os vinte e nove candidatos inscritos um deles era mulher. Já para o curso de Investigadores de Polícia, em 1955, dos duzentos e vinte e seis concorrentes, sete eram mulheres. 

Em 1955 (já tendo a Policia Civil mulheres em seus quadros há dezessete anos), é que foi criado o Corpo Especial de Policiamento Feminino junto a Guarda Civil de São Paulo, quando então foram recrutadas as primeiras policiais civis uniformizadas do Brasil.

 
 
 
1
30/7/2020 -
Eu não quero o fim do Delegado de Polícia

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

2
3/7/2020 -
Polícias municipais: uma nova tendência no Brasil

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

3
25/6/2020 -
Autonomia das polícias judiciárias – uma necessidade urgente da sociedade brasileira

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4
8/6/2020 -
Dez dicas para os novos Delegados e Delegadas de Polícia!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

5
26/5/2020 -
Uol Debate - Policial que vaza operação é pior que bandido, diz delegada da PF

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6
21/5/2020 -
ABUSO DE AUTORIDADE NA OBTENÇÃO OU USO DE PROVA ILÍCITA

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

7
20/5/2020 -
Lei Anticrime e Saída Temporária

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

8
19/5/2020 -
A Polícia Civil em Tempos de Covid-19

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

9
12/5/2020 -
Quem foram e quando ingressaram as primeiras escrivãs e investigadoras da Polícia Civil de São Paulo?

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

10
29/4/2020 -
Aspectos jurídicos do monitoramento de pessoas através de seus telefones celulares e sua utilização como ferramenta de gestão ante a pandemia de Covid 19

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

11
17/4/2020 -
Audiências de Custódia durante a pandemia: confirmação da imprescindibilidade do Delegado de Polícia como garantidor legítimo de Direitos Fundamentais

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

12
16/4/2020 -
A problemática da requisição judicial no âmbito de medidas cautelares penais para oitivas de testemunhas/informantes e até mesmo interrogatórios: ausência de lastro legal

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

13
6/4/2020 -
Delegado Mario Palumbo - Live com Dr. Anthony Wong

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

14
31/3/2020 -
Gerenciamento de crises é matéria obrigatória em qualquer curso de Operações Policiais Especiais

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

15
29/1/2020 -
Abuso de Autoridade: chave de leitura para a alma ou centro nevrálgico da Lei

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   
   
   
   



SINDPESP - SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Avenida Ipiranga, 919 - Conj. 1707 - 17º Andar - São Paulo, SP
sindpesp@sindpesp.org.br | 11-3337-4578




   
     
  + VISITADAS nos últimos 60 dias  
   
     
  Comunicado sobre a ADI 5039  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  Rádio Aparecida - Jornal regional entrevista Raquel Gallinati sobre o deficit de policiais na região  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  Semanário ZN: De dentro da polícia delegadas se mobilizam em defesa dos direitos femininos  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  Blog Fausto Macedo - STF define como lícitas as provas produzidas por acesso ao celular de acusado sem autorização judicial  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  A Fendepol, a qual o Sindpesp é membro fundador e a Adepol, convidam a todos para participarem do 14º Encontro do Fórum Nacional de Segurança Pública  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////  
     
   
     
  Foi notícia - Cuidado para não ser vítima na Black Friday  
.
  /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////