SINDPESP &   fendepol

São Paulo: .hs
Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo.

Caros colegas,

Na esteira de atuação pautada pelo contínuo diálogo com a classe e transparência de estratégias e ações, comunicamos que, na próxima quarta-feira (1), a diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo irá se reunir com o Secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Dr. Mágino Alves Barbosa Filho, para, nesse primeiro encontro, apresentar as demandas mais urgentes e que prescindem de maiores debates, por espelharem consensualmente as expectativas da classe, dentre as quais destacamos a reposição imediata dos quadros funcionais, a abertura de novos concursos e a adequada valorização salarial.

A pauta definitiva está, ainda, em processo de construção, com apoio nas informações que estamos coligindo junto às bases, notadamente por ocasião das visitas ao Interior.

Não obstante, gostaríamos de solicitar aos colegas que procedam ao encaminhamento de eventuais sugestõesde pauta por intermédio do e-mail secretariageral@sindpesp.org.br e que acompanhem o resultado da reunião, a ser apresentado tão logo ela seja encerrada, com vistas a nos mantermos informados e mobilizados!

S. Paulo, 24/2/2017.

A Diretoria

Defasômetro da Polícia Civil do Estado de São Paulo

Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp Delegados) vem denunciando à sociedade paulista a grave crise de falta de pessoal na Polícia Civil do Estado de São Paulo. O quadro de recursos humanos está estagnado desde 1994, não acompanhando o crescimento da população, que aumentou, nas últimas duas décadas, em mais de 11 milhões de habitantes. Não bastasse isso, os cargos existentes não estão preenchidos integralmente, faltando policiais em todas as carreiras da Polícia Civil SP. Esta defasagem gera situações inaceitáveis, como, por exemplo, a ausência de delegados de polícia em cerca de 40% dos municípios do Estado. Esse quadro deve se agravar nos próximos meses, devido às crescentes aposentadorias, face ao envelhecimento dos policiais civis e ao temor da reforma previdenciária. De fato, apenas 3% dos policiais civis têm menos de 30 anos de idade e 44% dos policiais têm mais de 50 anos. Nos próximos anos, 44% dos policiais serão idosos! De novembro de 2016 a fevereiro de 2017, 478 policiais civis se aposentaram. Estão previstas, ainda, mais 1.800 aposentadorias no decorrer deste ano. A fim de conscientizar a sociedade sobre o atual panorama, o SINDPESP concebeu o “Defasômetro da Polícia Civil”, um painel que contabilizará os dados atualizados sobre a defasagem de pessoal. A propósito, confira os números atuais: o Governo do Estado de São Paulo fechará o mês de fevereiro de 2017 com a defasagem de 8.912 cargos das diversas carreiras policiais civis.

Se você, cidadão consciente da crise de segurança pública no Estado, quer colaborar conosco para alertar a sociedade e reverter esse dramático quadro, subscreva nossa petição pública intitulada “Polícia Civil Contra a Impunidade” no site http://www.policiacivilXimpunidade.com.br #DefasômetrodaPolíciaCivil#FaltamPoliciaisCIvisemSP #InsegurançaPública#PoliciaCivilXImpunidade

Filie-se ao SINDPESP

Raquel

Este é o primeiro passo para conquistar seus direitos, filie-se ao sindpesp e vamos somar forças em busca de melhores condições de trabalho, de respeito e de salários dignos.

Procure mais informações na sede do SINDPESP ou ligue (0xx11) 3337-4578.

Leia mais

Faça parte desta luta

Obrigado por acessar nosso site. Seja bem vindo para contribuir para uma polícia melhor.

Fale conosco

Sua participação é muito importante na conquista de nossos direitos e prerrogativas. .

Procure a diretoria

Mais uma vez, obrigado pela participação.

© 2017 sindpesp
Criado por jfc